Refração

Quando ocorre a passagem de luz de um meio para outro, por exemplo do ar para agua, verifica-se, de um modo geral, a mudança de intensidade da velocidade de propagação da mesma. Esta mudança de velocidade é traduzida através de um fenômeno denominado REFRAÇÃO.
Esse programa simula a passagem de um feixe de luz monocromática de um meio para outro, num dióptro plano, baseado na Lei de Snell.


Teste o programa no WebMSX – The Online MSX Emulator



De início, o programa pede que você informe os índices de refração absolutos dos dois meios. Devido aos limites físicos que a naturaza impõe, os valores dos índices não devem ser inferiores a 1 e nem superiores a 5. Qualquer valor não contido no intervalo mencionado não será aceito pelo programa.
Uma vez informados os índices de refração, o programa muda a tela para o modo “SCREEN 2” e nela desenha a superfície de separação do dois meios, a reta normal à essa superfície que passa pelo ponto de incidência da luz e a fonte luminosa, representada por um círculo verde.
A fonte luminosa é inicialmente posicionada de modo que o ângulo de incidência seja de 45 graus. No entanto, você pode mudar esse ângulo reposicionando a fonte. Para isso use as teclas de seta e acompanhe o valor do ângulo que é constantemente atualizado e mostrado no box correspondente. Esse box encontra-se no quadrante inferior esquerdo da tela e contém a letra “i” referente ao ângulo de incidência.
Convêm notar que o movimento da fonte só pode ser realizado sobre os lados de um quadrado imaginário, ou seja, para ângulos superiores a 45 graus funcionam apenas as teclas de seta “para cima” e “para baixo”. Da mesma forma, para ângulos inferiores a 45 graus, só funcionam as teclas de seta “para esquerda” e “para direita”.
Quando o valor do ângulo desejado tiver sido ajustado, pressione a “barra de espaços” para que você possa ver os feixes de luz incidente, refletido e refratado.
Após serem desenhados os raios de luz, serão mostrados também o ângulo de refração e as velocidades de propagação da luz em cada um dos meios relativamente à velocidade de propagação da luz no vácuo (c). Além disso, uma seta ficará indefinidamente se deslocando do meio 1 para o meio 2 com velocidade proporcional à da propagação da luz em cada meio.
Neste ponto você tem duas opções: pressionar a tecla F1 para reiniciar o programa e, desta forma, redefinir os índices de refração, ou pressionar a tecla F2 para repetir a “experiência”, mantendo os mesmos índices de refração, mas tendo a oportunidade de alterar o ângulo de incidência.
Quando o índice de refração do meio 1 for maior do que o do meio 2, a pressão da tecla F3, antes que os raios de luz sejam desenhados, fará o programa mostrar o ÂNGULO LIMITE DE REFRAÇÃO.

Fonte: Livro Coleção de Programas para MSX Volume 2
Editora: Aleph
Ano: 1986
Autor: Luiz Tarcísio de Carvalho Jr.
Digitação: Renato Faria Lopes


Código fonte

Compartilhe:
Translate »